Lula, Jesus e Luke Skywalker

08_12_2015__08_48_59498052f34743696d3cfaf7903e39ff9dac012_640x480.jpg

O leitor que não é familiarizado com roteiros talvez não tenha ouvido falar na “Jornada do Herói”.

Trata-se de uma estrutura básica narrativa onde o herói é um jovem com algum tipo de predestinação messiânica. Este herói (que ainda não conhece sua missão) sai de casa e se lança numa aventura onde vão aflorar seu heroísmo e habilidades especiais, até que se confirme a profecia.

Se você prestar atenção em Guerra nas Estrelas, Matrix, Harry Potter, O Senhor dos Anéis e Jogos vorazes verá que todos se encaixam neste formato. Aliás, as origens da Jornada do Herói vem da antiguidade. As histórias bíblicas das vidas de Moisés e Jesus são típicos exemplos.

E onde entra o Lula na história?

A vida de Lula (excluindo-se os últimos anos) tem as estrutura narrativa idêntica à maioria destes personagens. Ele nasceu um ser humano comum, pobre, pertencente a um mundinho pequeno. Com o tempo, desenvolvendo habilidades de negociação, convencimento e carisma,  Lula evoluiu, enfrentou inimigos, dificuldades, até se parecer com um Messias que saiu do povo para salvar esse mesmo povo.

Nos primeiros anos de seu goveno, a profecia se concretizou: A inflação caiu, a economia cresceu, o desemprego sumiu, ganhamos a Copa. A narrativa perfeita se fechou.

Porém, por mais lindo que tenha sido observar uma Jornada do Herói na vida real, Lula não era Harry Potter e muito menos Jesus Cristo. Pena que seus seguidores acreditaram nisso. Ainda Pior, o próprio Lula parecia sentir-se ungido.

As maracutaias que vieram à tona mostram que a vida real é menos óbvia que a ficção e foi justamente o que disse Palocci na carta de desfiliação que enviou ontem.  Ele questiona se o PT é de fato um partido político ou uma “seita guiada por uma pretensa divindade”.

Lula nasceu pobre como Jesus, fez a travessia no deserto como um Moisés, tinha o corpo marcado como Harry Potter e enfrentou o Império como Luke Skywalker. Isso ajuda explicar porque tantos acreditaram em seus poderes. Porém, ao contrário de Frodo, Lula não resistiu a tentação do anel e o anel destrói que se deixa seduzir por ele.

A Jornada do Herói é linda, mas pertence ao mundo da narrativa, da ficção. Não podemos esperar que um Messias surja no Planalto e venha nos salvar. É o que muitos desejam quando idolatram seus candidatos. Mesmo o clamor de alguns pela volta dos militares não deixa de ser uma esperança num ente mágico que vai nos redimir.

Não se iludam meus caros, nosso futuro depende do trabalho com erros e acertos de muitos homens de carne e osso e não da Força de Luke Skywalker, por mais sedutor que isso possa parecer.

2 comentários

  1. Belo texto… muito bem escrito e, digamos, com algumas coisas bastante discutíveis!
    Mas, claro, não resolvi comentar aqui contestando o que escreveu, nem passou pela minha cabeça provocá-lo. Longe disso, hein!

    Estava buscando algo sobre Matrix, mais especificamente sobre o que escreveu o autor Ricardo Kelmer no livro “Matrix – O Despertar do Herói” – e esperava encontrar algo dele aqui.

    Como vim parar aqui? – às vezes comento algo sobre o que escreve o articulista “Ricardo Kertzman” no Portal UAI… através de um blog hospedado neste Portal (UAI). O Blog = “Opinião Sem Medo”.
    Os nomes são bem parecidos, mas creio “não” ser o mesmo. Já perguntei para o articulista, mas ainda me respondeu!
    Não entendi bem, mas apesar do Blog estar hospedado no Portal UAI, as respostas vão para o “WordPress”. Ainda não saquei as razões para isso; mas, irei.

    Como não vi onde está escrito teu nome, direi apenas “colega”… e peço-lhe desculpas por isso!

    Colega,
    sou apenas um curioso internauta leigo. Gosto de ler somente quando me sinto “inspirado” para tal. Não leio nem muito nem pouco; leio apenas o que me atrai, provoca e me é Intuído.

    Tal como você, imagino, assisti ao filme “Matrix I” desde 1999 várias vezes. E ainda assisto quando algo me perturba e/ou perco o foco nas coisas principais.
    A jornada do herói é mística e mágica. Sabemos que todos, sem exceção, fazem suas jornadas pessoais segundo suas próprias ‘forças’ e condições.
    Já pesquisei sobre Matrix centenas, talvez milhares de vezes, desde 1999 após o lançamento do filme. Li alguns livros sobre o assunto e também, claro, outros que fazem parte do assunto “maior”, por assim dizer: “Misticismo, Espiritualidade, Metafísica, Filosofia”, etc.

    Como dizem, aquele que descer até à “toca do coelho”… não verá mais as coisas como antes!

    Eu desci quando tinha 18 anos. Certo dia um conhecido da família “esqueceu” em casa o livro “O Banquete” de Platão.
    Claro né, pequei “emprestado” e nunca mais devolvi. O dono do livro viu que eu tinha ficado “alucinado”, “chocado” e com os “olhos arregalados” ao falar sobre o livro, e disse-me ele:
    – “é teu. Devore-o! Permita-lhe invadir tuas entranhas por inteiro e entre na dança”.

    Caracas! Desse dia em diante, santo Deus, minha existência foi e ainda é uma loucura! (Só para mim, claro… rs).

    Colega,
    sabemos que o assunto é amplo e que, quando nos referimos a alguém ou algo em particular, sem levar em consideração a “Conjuntura”, podemos incorrer em erros crassos que podem nos levar a cometermos injustiças, dizermos asneiras e jogarmos pérolas aos porcos.

    Se me permite, vou me arriscar a comentar o que disse aqui sobre o ex presidente Lula.

    Não sei se você votou nele 2002/2006. Talvez, talvez não! Eu sim, votei nele em 2002.
    Não sei se você discute política de forma ‘reservada’ e desgarrada, por assim dizer, do assunto “Maior”.

    Conheço algumas pessoas bem mansas e equilibradas que não entram de forma alguma nesta “energia”.
    Sabem que a Raiz, a Causa, o “Leitmotiv” de todas as “Coisas da Vida”, é Espiritual.

    Mas, eu ainda não me dei conta de todas as coisas na “Toca do Coelho”. Por isso, ainda sinto indignação, repulsa e… sim, alguma ‘raiva’ do ex presidente Lula.
    Mas, claro, não é só dele, mas de todos os políticos, empresários, artistas e/ou qualquer pessoa que se aproveitou e aproveita do Poder Político para “impedir” que o dinheiro dos impostos construam hospitais, escolas, presídios decentes, habitações para os mais pobres, etc.

    Sinto repulsa de todos que se utilizam do Poder para roubar, desviar verbas, praticar nepotismo, criar tentáculos em todos os setores da vida pública. Enfim, repudio qualquer pessoa que se utiliza da Máquina Pública para se perpetuar no mais alto posto do país. E o Lula (PT-PMDB-PSDB) fizeram e fazem isso!
    Para o quê? Para mim… e eu custei acreditar nisso, exclusivamente para implantar o Comunismo!

    E isso, por mais Místico e Espiritual que sejamos, não podemos permitir de forma alguma! (Não sei sua posição, mas a minha é esta).
    Mas… talvez você pense e diga: “E daí, eu te perguntei alguma coisa”?… rs. (Vai ser engraçado).

    Me perdoe ter que dizer, e talvez você não goste: Para mim o tal Lula nunca teve “nada”, absolutamente nada de Herói. Claro que sei que a “Jornada do Herói” é a Alma fazendo experiências na terra. Sei que a Alma é que está por detrás do ego, da personalidade e de todos os atos e pensamentos do ser.
    Nós sabemos disso!
    Mas, apesar disso, não consigo enxergar nos políticos, principalmente Lula-Temer-Aécio-Serra-FHC, etc., seres com Alma. Estes “seres” parecem ter vindo do Umbral para perturbar a paz na superfície; só pode!

    Lula, para mim, foi e é mais um ladrão (como 90% dos políticos) que entrou na política para roubar e também para, seguindo “Cartilha do diabólico comunista Antônio Gramsci”, implantar o Comunismo no Brasil.

    Lula era e é uma pessoa despreparada para ser até mesmo Síndico de Prédio. Por anos a fio ele enganou milhões de metalúrgicos ingênuos com apoio do FHC, da imprensa, empresários bandidos, e dos *dps dos artistas.
    Ele fora preparado pelo FHC, George Soros e o FORO de SP. Uma aberração!

    Colega, você que é bem mais informado, culto, estudado e inteligente que eu e 80% dos brasileiros (não é ironia), sabe que este país “poderia” ser um Grande País. E não é por causa de pessoas como…. desculpe repetir… FHC, Temer, Lula, Aécio, Renan, Sarney, Jucá, Gilmar Mendes, Maia, Geraldo Azevedo, Pimentel, Serra, Alckmim, etc.
    Torço para que sim, que você seja esta pessoa consciente, pois assim poderei aprender com você (se tiver ânimo e não ficar irritado); como também… quem sabe, esclarecer minhas dúvidas e ajudar-me a desfazer-me das ilusões.

    Mas, adianto, pus de lado um pouco os livros místicos e tratei de ler vários sobre política.

    Eu já não confiava no Lula desde 2003. Votei nele em 2002 e vi que era uma “Barca Furada”. Desde as eleições de 2002 que não votei mais; justamente por saber que o “Sistema” é corrupto e dominado pela ORCRIM.

    Como eu disse, eu já desconfiava das palhaçada, mas não discutia com ninguém sobre política por estar “muito ocupado” com a minha “Jornada Interior”. Achava que as coisas eram “departamentos diferentes” e não dava para misturar as coisas. Depois percebi que ‘faz parte’ do Caminhar, que é tudo uma coisa só, que tudo está interligado, etc.

    Depois que li vários livros sobre política é que me dei conta do “Tamanho do Estrado” que estes “Grande Canalhas” (FHC, Lula, Dilma, Aécio, Serra, Sarney, Jucá, Renan Calheiros, Gilmar Mendes, Rodrigo Janot, etc.,), causaram e causam em todo o país.
    – Juro, ainda estou lendo e absorvendo o que estas pragas tentaram e tentam implantar no país. Aliás, vendo as notícias nos Telejornais, Sites, Revistas, Livros, etc, descobre-se “assustadíssimo” quanto atraso estes “caras” ainda provocam e fazem sofrer milhões de brasileiros. É monstruoso!

    Como eu poderia, ainda que metaforicamente, considerar e chamar “de Herói”… pessoas que “Roubaram” vários Bilhões do Povo Brasileiro?
    Como?
    – São… isso sim, “Filhos do Capeta”! Me desculpe dizer isso!
    (A Alma que habita estes seres, ao que parece, se retiraram para outro Plano e apenas observam o quão estes ‘filhos’ estão atrasados… ainda estão na “Era da Escuridão”!

    Colega, espero de verdade que você não seja um “Petista”, um “Esquerdista”. Mas, veja bem, se for… não fique tão bravo e xingue demais, o.k. Não tenho nada contra você, claro!
    Ouvirei… quer dizer, lerei pacientemente o que tens a dizer!

    Minha intenção é trocar ideias e, sei lá, saber qual reação você (pessoas como você) terá sobre o que eu disse. Como eu disse, gostei muito do que você escreveu e terei prazer em compartilhar algumas partes do texto!

    E aí, colega, tudo bem? – aguardarei tua resposta! – Boa sexta-feira!!! – Paz e Luz!

    (Obs. eu revisei três vezes e em todas eu tive vontade de apagar tudo e dizer apenas obrigado pelo seu texto. Notei, claro, que misturei as coisas e acabei falando excessivamente. Me perdoe por isso, pois não era minha intenção. Mas, sei lá… senti que deveria mandar e ver no que dá. Voilà!).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s