Auxílio-moradia

Caro leitor, não sei se você está ciente, mas sou o presidente-vitalício e o Juiz supremo da Todaunanimilândia. País pouco conhecido mas muito bem administrado por mim.

Ocorre que recebi um pedido de dois funcionários por Auxílio-Moradia e estou na dúvida, sobre qual deles vou favorecer. Só tenho o dinheiro para ajudar um.

Peço que o leitor aja como um juiz-assistente e me ajude nesta questão. Lembrando que o valor do Auxílio-Moradia é de 4.377,00Luc$. (Luc é a moeda corrente em Todaunanimilândia. Tem o câmbio de 1×1 com o Real).

Funcionário 1 – Rafael (nomes fictícios)

Rafael tem um cargo muito importante e ganha 33.900,00Luc$. Ele já tem Auxílio-Livro, Auxílio-Alimentação e Auxílio-Filho.

Rafael argumenta que seu salário está baixo e não tem reajuste há dois anos. A inflação em  Todaunanimilândia é de 3% ao ano.

Funcionário 2 – Eduardo

Eduardo é professor de literatura numa escola pública e mora de aluguel. Ele ganha 1.467,00Luc$ por mês. Ganha também Vale-Refeição e passagens de ônibus.

Ele diz que a sua situação financeira é tão ruim que ele não consegue nem se concentrar na aula.

O que eu faço leitor? Para qual dos dois dou o auxílio? Pode deixar seu voto nos comentários.

Aqui vou fazer um exercício de futurologia e aposto que a maioria dos leitores vai votar no Eduardo. Aposto ainda que se o Rafael tiver apoiadores, todos eles serão juízes brasileiros.

Fiz esse texto procurando entender por que aí no Brasil, os juízes tem valores e visão de mundo tão diferentes da grande maioria da população. São eles que tem a honrosa e difícil tarefa de julgar as pessoas, não deveriam ter uma valores éticos e morais mais próximos ao valores da população? O que faz com que tantos juízes acreditem que determinadas classes mereçam privilégios e outras não?

*PS. Após escrever o texto senti um certo remorso. Subi o salário do Eduardo e cortei todos os auxílios do Rafael. Em Todaunanimilândia só eu mereço privilégios. E não são poucos.

6 comentários

    1. Estou maluco, eu entendi que vc estava na Alemanha e que eu tinha escrito algo errado. Agora que entendi que vc disse que na Alemanha um professor ganha mais que um juiz. Acho que quanto melhor for o nível de educação menos precisaremos de juízes. Perdoe minha confusão.

  1. Outro dia fiquei a pensar uma coisa, mas estou com preguiça de pesquisar… Eu vivi no Brasil, Portugal e Bélgica. Eu penso q só no Brasil é q tem justiça do trabalho, justiça eleitoral…hummmm Será q faz sentido?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s