PT x Ditadura Militar

Sou um observador atento e fiz uma descoberta que vai deixar a todos estarrecidos:

*

(pausa dramática)

*

Descobri que os entusiastas do golpe militar (em pleno 2018 eles existem!) não gostam do PT. Na verdade, eles odeiam o PT.

Não sei o motivo da birra, até porque vejo que os anos da ditadura militar foram muito parecidos com os anos do PT no governo.

Sei que agora o leitor deve estar me achando um insano, então vou expor abaixo os motivos que me fazem pensar assim.

1 .Nacionalismo e patritismo

Milicos e Petistas  sempre foram contra multinacionais. Defenderam a vida inteira as estatais. Bolsonaro disse numa entrevista que sonhava em executar o FHC porque ele privatizou a Vale.

Os militares criaram a Embraer, a Engesa, a Itaipu Binacional, Vale do Rio Doce, a Petroalcool, enfim, foram inúmeras estatais. O PT nesse ponto é mais capitalista que os militares, afnal, pelo menos fez concessões privadas de estradas e aeroportos.

2. Corrupção

É difícil medir corrupção, pois os autores do ato nunca declaram o valor roubado. Mas ao que tudo indica houve muita corrução nos dois períodos. No caso do PT isso foi bastante divulgado, afinal a Polícia Federal tinha liberdade para investigar e a imprensa tinha liberdade para noticiar.

No caso dos militares, tudo foi mais abafado. Para quem não lembra, os militares escolhiam os governadores em cada Estado e veja quem eles escolheram na época:  Maluf para SP, José Sarney para MA, Antonio Carlos Magalhães para BA… Para vocês terem ideia, formam os militares que colocaram o Maluf na política. Isso diz muito. Aliás, o termo “mar de lama” de corrupção ficou muito em moda na época do Geisel, pena que ninguém tinha a liberdade para noticiar o que acontecia.

3. Ciclo econômico do sucesso ao fracasso

Tanto militares como petistas começaram seu período de poder com um momento de bonança econômica. Os militares viveram o “milagre brasileiro”, com enorme crescimento. Os anos Lula também foram incríveis com crescimento, pleno emprego, grau de investimento e superavit primário.

Porém nos dois momentos houve uma virada e os grupos saíram do poder deixando um Brasil em crise. Embora digam que a crise do PT tenha sido a pior da história eu discordo. Figueiredo deixou o Brasil com 283% de inflação contra 10% de Dilma. As estatais dos militares eram máquinas de queimar dinheiro. Só em 1993 o Brasil começou a sair do atoleiro deixado pelo regime. A Crise da Dilma acabou em 2 anos.

4. Grandes obras

Os militares construiram Itaipu, Dilma fez Belo Monte. Os militares fizeram a transamazônica, o PT os estádios da Copa. Os militares começaram a fazer Angra, os Petistas as grandes refinarias. Sabe qual foram as construtoras nos dois períodos? Quem acertar essa ganha um Habeas Corpus.

5. Aliança com as oligarquias regionias

No Brasil existem famílias que sempre mandaram em determinados Estados. O Poder passa de pai para filho desde que a barba do Marechal Deodoro era rala. Nomes como Collor, Calheiros e Barbalho são os verdadeiros donos de certas regiões. Tanto militares como petistas se mostraram bem confortáveis ao se associar com muitas dessas famílias.

6. Ecologia

Os dois regimes foram fracassos nesse sentido.

7. Projeto de país

Tanto petistas como militares tiveram visão de longo prazo e projetos nacionais claros que conseguiram impor. Com erros e acertos evidentemente. Mas há de se destacar que eram grupos que tinha visão estratégica e vontade de implantar.

8. Crescimento da violência

Nos dois períodos a violência e a bandidagem cresceu horrores.

Diferenças

É fundamental falar das diferenças nesse caso.

Os 8 anos de PT foram 100% democráticos. Tivemos eleições com vários deputados, senadores e governadores de oposição exercendo seus cargos com liberdade. A impressa teve liberdade para falar mal do governo e os orgãos de justiça investigaram e condenaram o PT sempre que assim quiseram. Zé Dirceu foi preso durante o governo Lula. Isso é sinal de força das instituições.

No governo Militar jornais que apoiavam o regime como Estadão e Folha eram censurados. Os de oposição fechados. Não havia liberdade. Os crimes dos militares não podiam ser investigados e deputados foram presos, torturados e assassinados. Enfim, não havia democracia. Mais de 400 pessoas foram assassinadas por orgãos do Regime. Os militares assassinaram adolescentes e torturaram crianças. Levaram crianças para assistir à tortura dos pais. Enfim, entre os militares havia montros sádicos e psicopatas e estes foram apoiados pelo regime.

P.S. Vou publicar o texto mesmo sabendo do risco de perder todos os meus fãs e ainda ser diagnosticado com alguma doença mental incurável. Seja o que Deus quiser…

P.S.2 – Alguém sabe porque os fãs do Golpe Militar usam o termo “Intervenção” e não Golpe? Eles tem vergonha do golpe?

P.S.3 – Pode-se dizer que este texto comprementa esse aqui.

 

5 comentários

  1. O q acho estranho é q os adeptos à volta da ditadura encontram-se entre jovens. Jovens que não viveram esse período.
    Eu vivi pelo menos uns 12 anos. Não fiz as contas, nem quero. Rsrs
    Para mim não foi um mal período, pouco ou quase nada se falava em casa. Havia pouca violência, havia inflação, desfile militar, jograis,… Mesmo assim não desejo a sua volta.
    Nós devemos aprender a exercitar, melhorar o exercício da democracia. Se informar e votar.
    O discurso do Faustão td domingo é o mesmo: tem q saber votar. O que é saber votar? Nem ele sabe, se soubesse ampliaria o discurso. Enfim, há muito do q se dizer…Continue!
    Obrigada !

Deixe uma resposta para luciogoldfarb Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s