Os caminhoneiros e a piada do cu

Vocês conhecem a piada do cu? É assim:

Os orgãos do corpo começaram um debate para escolher quem seria o presidente do corpo.

_ É claro que serei eu – afirmou o cérebro com segurança – sou o único que pensa.

_ De jeito nenhum – replicou o coração – eu bombeio o sangue para o corpo todo. Sou a máquina que faz tudo funcionar. Além de tudo sou reponsável pelas emoções.

De cima ouviu-se um grito:

_ Pera lá!!! Nem um nem outro – eram os olhos – somos os único com com visão para comandar o corpo.

_ Esqueçam isso –  disseram as pernas – só nós temos capacidade de levar o corpo adiante!

A discussão estava acirrada. Todos falando ao mesmo tempo, defendendo suas candidaturas quando ouve-se uma voz, um novo candidato.

_ Ei, eu também quero concorrer – Disse o cu com sua voz grossa e engraçada.

Os outros orgãos que estavam quase brigando uniram-se numa longa gargalhada.

_ Você, cu? Quem votaria em você? Você não é ninguém!

Ofendido, o cu iniciou uma greve, deixando de exercer sua tão famosa função.

No começo ninguém ligou, mas ao chegar no quarto dia o cérebro não conseguia pensar, os olhos estavam pesados, o coração batia mais rápido e as pernas tremiam.

Irredutível, o cu não atendeu aos apelos de trégua, até que no 5o. dia os outros orgãos entregaram os pontos e o cu foi eleito líder do corpo.

Enfim, a comparação com nossa greve dos caminhoneiros é bastante óbvia. O poder emerge de onde menos esperamos e a arrogância nem sempre é o melhor negócio.

 

 

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s