Democracia em Vertigem

Faltam poucos dias para a cerimônia do Oscar e o Brasil está presente em 3 filmes. Ad Astra, Dois Papas e Democracia em Vertigem.

Imaginei que o patriotismo e a chance de uma premiação internacional iriam unir o Brasil, imaginei que as famílias estariam reunidas no domingo, com a camisa da seleção diante da dublagem sem graças da cerimônia, torcendo abraçadas pela cultura brasileira, mas isso não vai acontecer.

Novamente esquerda e direita estão trocando farpas em função do documentário da Pietra Costa. Como sou ingênuo.

Democracia em Vertigem é um filme de grande impacto. Quem recomendou que eu assistisse foi um cineasta americano que já concorreu ao Oscar de melhor documentário. Outros produtores americanos elogiaram o filme para mim.

Lógico que as pessoas que tem visão de mundo oposta à de Pietra não concordam com o ponto de vista dela, mas isso não diminui o filme. É um filme sobre um ponto de vista. Eu diria que é um filme sobre a destruição do sonho da esquerda contada por pela própria esquerda.

Como cinema tem inúmeras virtudes. Tem imagens impactantes e exclusivas. Tem uma narrativa coerente e instigante dada muito pela ótima montagem e pesquisa de imagens. Além disso coloca uma discussão que vale não apenas para o Brasil. O mundo inteiro está vivendo a época das Fake News e das democracias em vertigem, a experiência brasileira é super universal.

O filme tem defeitos também, mas não me importa falar deles. Eu torço para o São Paulo independentemente de suas fraquezas (Alexandre Pato, Pablo, Leco…) e vou torcer para o Brasil da mesma forma.

Vale dizer que a vitória de Pietra é improvável. Os concorrentes são muito fortes. American Factory é um maravilhoso retrato da transformação dos EUA, um filme impecável. Há dois filmes impactantes sobre a Guerra da Síria, difícil ganhar deles.

Mesmo assim acho devemos celebrar o avanço de nosso cinema. Se temos três filmes no Oscar, isso se deve ao sangue e suor de muita gente. Em 2019 foram dois filmes premiados em Cannes. Agora em janeiro Mamãe É Uma Peça 3 bateu os 140 milhões de reais de bilheteria, um recorde histórico. Essas coisas não acontecem por acaso.

Vamos continuar lutando pelo cinema no Brasil, vamos celebrar cada vez mais nossas vitórias e torcer para que um dia a cultura volte a ser valorizada por todos os brasileiros.

6 comentários

  1. Pois é… A gente está vivendo um momento histórico, de tão estranho que é. Coisas óbvias terem que ser ditas e, mesmo assim, haver quem as conteste. A importância do Oscar deveria ser maior que a porcentagem de verdades absolutas do documentário, que certamente ultrapassa os 90%. Surreal!

Deixe uma resposta para Diego Rbor Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s